A simples diferença entre medo e fobia

A simples diferença entre medo e fobia

Você já sentiu medo?

Aquele medo exagerado?

Aquele de achar que tudo está conspirando contra você e que a qualquer momento vai te faltar o chão?

Pois eu era bem assim, não conseguia ficar em lugares fechados ou com muitas pessoas, tinha medo até de me faltar o ar, de morrer asfixiada, medo de altura e de tudo que me fazia ficar vulnerável. Mas descobri, através do treinamento de PNL, que posso mudar a minha maneira de pensar, agir e sentir.

Quando eu descobri a diferença entre medo e fobia, eu pude me libertar e nem me lembro mais de como era ruim. Saber esta diferença pode te ajudar também a superar os medos exagerados.

Medo é uma ferramenta natural que nos ajuda a perceber o perigo, nos permitindo evitar situações que podem colocar em risco real a nossa vida.

Fobia é um medo exagerado, criado por uma situação intensa, mesmo que você não lembre.

Quando se tem medo, você tem escolhas e geralmente age de forma prudente. Já quando se tem fobia, não temos escolhas e agimos de maneira irracional, geralmente fugindo insanamente do causador desta fobia.

Agora que você já sabe esta diferença, você consegue identificar alguma fobia sua? Algum medo exagerado e talvez até irracional?

Se você, assim como eu, quer melhorar sua qualidade de vida, invista em você, com certeza a PNL pode te ajudar.

Hoje eu sei que posso ser o que eu acredito ser e, melhor ainda, saber e ter ferramentas para mudar as minhas crenças e organizar as minhas metas, para assim conquistar meus sonhos.

Exemplos não me faltam para acreditar no poder das ferramentas da PNL que podem transformar meu modo de pensar e agir, melhorando assim minha vida e a convivência com as outras pessoas.

Hoje eu tenho certeza de que: EU SOU O QUE ACREDITO SER!

Artigo escrito por Marisa Weis Rocha  durante o treinamento Practitioner em PNL

Compartilhe este conteúdo: