Como organizar a festa de fim de ano da empresa

Quando chega o final do ano chega junto um momento em que muitos amam e outros temem, que são às festas das empresas. Vamos conversar um pouco sobre o perfil de um líder nestes momentos e como aproveitar a festa de maneira natural e agradável.

Neste post vou falar sobre a organização da festa, então se você é o responsável por organizar a festa da sua equipe, segue estas dicas para que o evento seja um sucesso! Se não tiver tempo para ler o post inteiro, confira ao menos o resumo no final.

 

Os convidados

A festa sempre começa pelos convidados, lógico que não há festa se não houverem pessoas dispostas à festejar!

É fácil escolher quem dentro da empresa será chamado, por exemplo pode ser apenas uma festa para toda a equipe ou então um festa por departamento, mas é importante não esquecer que se tiver a festa para um, todos devem ter este direito!

Você ainda terá que decidir por exemplo se quer chamar fornecedores, clientes ou algum outro “stake-holder”. Se optar por levar pessoas de fora que tal pedir a opinião dos colaboradores para ajudar a decidir quais serão os convidados de fora?

As vezes um colaborador da empresa está sabendo de algo que você não sabe, por exemplo um cliente pode ter reclamado para o pessoal da produção por falta de atenção da equipe de vendas. Esta é uma ótima oportunidade para resgatar o apreço deste cliente antes que seja tarde!

Outra decisão importante a ser tomada é se os familiares serão convidados à festa ou não. É importante que todos tenham o mesmo direito, então nada de chamar os familiares de um colaborador e do outro não!

Vejo como extremamente importante permitir que os colaboradores levem seus cônjuges, sejam esposos, noivos ou namorados. Para alguém que está em um relacionamento, é muito chato e sem sentido participar de uma festa sem seu parceiro. Lembre-se aqui de ter muito respeito e cuidado para não haver preconceitos de qualquer espécie.

Por fim, você terá que decidir se poderão ser levados os filhos. Nunca estipule um limite numérico de acompanhantes, por exemplo 3 acompanhantes pensando em um casal com 2 filhos. Coloque o limite por laços, como conjugues ou filhos ou até por faixa etária.

Se a festa for se prolongar pela noite é bom evitar convidar crianças, respeitando o horário de sono delas.

 

Local

Não há muito segredo quanto ao local. Basta você pensar nas condições dos convidados e se eles serão capazes de chegar até lá. Lembre-se que nem todos podem pagar por taxi e em alguns lugares o ônibus não chega. Além disso, o transporte coletivo possui horário para fechar, então cuidado para não fazer uma festa que exceda este horário se os convidados forem precisar destes meios de transporte.

Uma preocupação ligada ao local é a música ambiente. Você não precisa contratar música ao vivo para uma festa de 20 pessoas, mas pelo menos uma playlist com umas músicas calmas. Não aposte em músicas polêmicas como sertanejo universitário, funk, pop internacional. Geralmente o pop/rock nacional ou músicas internacionais como temas de filmes são uma ótima opção e farão o gosto de todos.

 

Comes e bebes

Começando pela comida, cuidado para não fazer algo muito sofisticado para pessoas simples. Não precisa servir a mesma comida do restaurante que todo mundo almoça durante a semana, mas também não precisa inventar muita moda, se não tem gente que não vai gostar.

Quando falamos de bebidas lembramos diretamente das bebidas alcólicas. Algumas empresas optam por servir apenas bebidas sem álcool e na hora do brinde serve um pouco de champagne ou espumante.

Caso você opte por servir bebidas alcólicas, lembre-se de disponibilizar bebidas para aquelas pessoas que não bebem, e lembre-se também de como as pessoas vão voltar. Caso haja algum infortuno na volta, por exemplo pelo motorista estar alcoolizado, a culpa poderá cair sobre a empresa, então não se esqueça da sua responsabilidade com estas pessoas até chegarem em seus lares.

 

Amigo-secreto

O grande amado e temido amigo secreto das empresas, ele deve estar presente ou não? Quais suas regras?

Tendo decidido quem serão os convidados e todos os outros detalhes da festa, você poderá optar por realizar o amigo secreto. Para ajudar nesta decisão é importante saber qual é o objetivo dela.

Ganhar presente está longe de ser o objetivo desta brincadeira, mas sim aproximar as pessoas. Como?

Os dias que antecedem são legais pois todos ficaram investigando-se entre si para tentar descobrir quem tirou o nome de quem. A brincadeira pode ser ainda mais divertida se você colocar elementos como uma caixinha de recados onde cada pessoa pode escrever recadinhos para seus amigos-secretos. Estes elementos irão trazer risos e sorrisos para um ambiente mais alegre resultando em maior produtividade na empresa. (E produtividade é essencial para quem não planejou o 13˚ durante o ano)

Para realizar o sorteio, existem ferramentas que fazem por e-mail, mas geralmente nas empresas existe alguém que não sabe usar e-mail, então caso tenha alguém que não vai poder ir na festa, peça para que esta pessoa realize o sorteio. Mas não se esqueça de antes de colocar os nomes para o sorteio verificar quem gostaria de participar, e também é muito importante decidir o valor da brincadeira antes do sorteio.

Uma boa maneira de decidir o valor é que o máximo não ultrapasse 5% do salário mais baixo da empresa. Certa vez realizei um amigo secreto em uma empresa em que eu era o gestor, como eu tinha proximidade com todos os colaboradores, eu sabia que uma das pessoas poderia ter dificuldade em participar do amigo secreto, para que este colaborador pudesse participar eu conversei em particular oferecendo o valor do presente. No final a brincadeira foi muito divertida e este colaborador pode participar como todos os outros.

Esta é uma demonstração de como é importante os gestores estarem diretamente ligados aos colaboradores da empresa.

Outra dica válida é que você nunca pressione ninguém a participar do amigo secreto e deixe claro que mesmo participando da festa, não é obrigatória a participação na brincadeira.

Existem variações do amigo secreto que podem ser recorridas quando existem participantes que não se conhecem, ou quando não se tem certeza de quem vai, por exemplo os participantes podem comprar presentes genéricos e então o sorteio ser realizado na hora. Outra variação é o “amigo-da-onça” onde cada participante que recebe um presente pode trocar o que recebeu com outra pessoa que já tenha recebido antes. Na minha opinião é necessário muita maturidade de todos os participantes para que não acabe com pessoas de mau humor, ou chateadas, então não aconselho esta “modalidade” a menos que a equipe seja muito unida.

Quando chegar o dia da revelação, sejam quais fores as regras, antes de iniciar a brincadeira faça uma breve explicação dizendo que o objetivo é a risada, a brincadeira e a diversão. Isso é importante para que ninguém fique chateado com seu presente ou com algum brincalhão que possa fazer uma “zoação”. E lembre-se de levar alguns presentes genéricos para acaso falte alguém ou aconteça qualquer outro imprevisto, nunca deixe ninguém ir embora de mãos vazias enquanto os outros estão com seus presentes.

 

Está com uma situação diferente? Entre em contato comigo e marque uma consultoria de liderança. (45) 9138-6678

 

Resumo

– Decida com cuidado quem serão os convidados;

– Decida se poderão ser levados familiares, mas não limite numericamente, mas sim por laço familiar;

– Leve em conta as características da festa com a idade dos convidados;

– Pense em como os convidados chegaram e voltaram da festa, se precisarem de transporte público por exemplo;

– Escolha uma boa música ambiente e cuidado com as músicas polêmicas;

– Escolha um prato que sairá da rotina, mas nada muito sofisticado para pessoas simples;

– Decida se serão servidas bebidas alcólicas;

– Decida se será feito o amigo secreto;

– Utilize ferramentas para criar um ambiente descontraído nos dias que antecedem a festa;

– Leve em consideração as pessoas com menor renda para decidir o valor máximo do presente;

– Não pressione ninguém a participar, deixe que eles decidam;

– Pense se fará o modelo tradicional ou alguma outra variação de amigo-secreto;

– Leve presentes genéricos para o acaso de alguém faltar, outro alguém não ficar sem  presente;

– Antes da revelação explique o objetivo da brincadeira.

Compartilhe este conteúdo: