Treinamentos para empresas em Cascavel

Treinamentos para empresas em Cascavel

Uma empresa responsável, preocupada com os resultados, mas também com a qualidade de vida de seus colaboradores e gestores, investe em treinamentos para empresas de desenvolvimento pessoal e de desenvolvimento de habilidades.

Continue lendo e descubra como o Rafael Rocha pode ajudar sua empresa a conquistar novos horizontes, os gestores e toda a equipe.

Como funciona um treinamento para empresa?

Há quem, ao ser contratado por uma empresa, pega um de seus treinamentos prontos, passa algumas horas com a equipe e, depois de deixar a equipe muito alegre e enérgica, vai embora com sua recompensa financeira.

Não digo que este tipo de treinamento não traga resultados, afinal, a motivação é muito importante no meio empresarial, porém, como já dizia Zig Ziglar, “a motivação não dura, nem o banho, por isso é recomendado diariamente“. Então, se você depende de um profissional para motivar sua equipe, sabia que terá que contratá-lo para ir na sua empresa todos os dias.

É assim que surge a importância de treinamentos para empresas eficientes, onde não se treina apenas a equipe, mas principalmente os líderes, de forma que estes estejam prontos e aptos para motivarem diariamente seus liderados.

Treinamentos para empresas são todos iguais?

Não. Por este motivo, é importante que se saiba o que a empresa deseja ou necessita. Vamos ver dois casos, entre centenas de possibilidades, para ilustrar:

Minha empresa está com uma alta produtividade, conseguimos vender bem, trazer bons resultados. Porém, há alguns meses, percebi algumas brigas entre os colaboradores, algumas semanas atrás percebi que alguns clientes, que eram recorrentes, pararam de aparecer. Estou preocupado que o comportamento dos meus colaboradores esteja afastando os clientes.

No caso acima, vemos que o problema da empresa está no relacionamento interno. Em uma empresa desestruturada, o gestor daria a conta para um ou outro colaborador pensando que isto resolveria o problema. Porém, o custo para trocar um funcionário é cerca de 6 vezes o salário, incluindo os custos de demissão, readmissão e treinamento. Além de todo o transtorno gerado.

Apesar disto, despedir um colaborador poderá não resolver o problema, pois o comportamento pode ter se tornado uma cultura coletiva. Também o colaborador dispensado pode não ser o gerador do problema, além de que este pode ser um funcionário que trás bons resultados para a empresa.

Neste caso, a empresa precisa de um trabalho de treinamento onde envolva e una a equipe, além de preparar o líder para perceber antecipadamente quando situações análogas estão surgindo.

Acabei de passar por um longo período de ajustes internos. Fiz consultoria financeira, de logística, controle de estoque, hierárquica e todos os processos da empresa estão bem estruturados. Pela teoria da administração, minha empresa deveria estar gerando bons resultados mas não está. Percebo que meus colaboradores não estão vestindo a camisa da empresa, acredito que ai está o problema.

Neste segundo caso, é nítido a necessidade em mostrar para os colaboradores a importância do trabalho e como trabalhar naquela empresa é importante para sua própria vida. Novamente percebemos que o gestor poderia cair no erro de despedir e recontratar muitas vezes, gerando custos que podem levar a empresa à falência.

Talvez alguém ofereça uma palestra motivacional para esta equipe, mas se não for um treinamento para empresa estruturado, com foco na solução do problema, a motivação não durará uma semana.

Os casos acima são para ilustrar que há muita diferença entre as empresas e equipes, por isso, é necessário entender do comportamento humano e aplicar um treinamento realmente funcional.

Como deve ser o trabalho do treinador?

O Rafael Rocha segue o seguinte processo para garantir um resultado satisfatório:

Briefing – é uma entrevista que envolve primeiramente a pessoa que solicitou o contato. Depois, o Rafael pode solicitar para conversar com outros líderes e até com colaboradores para poder diagnosticar o problema.

Planejamento – é o momento que o Rafael leva as informações coletadas para seu escritório, estudo a solução que será apresentada para a empresa.

Aplicação – Esta etapa de aplicação pode levar de 1 dia à vários meses, dependendo da solução proposta e acordada.

Feedback – Desde o planejamento, é necessário saber como será medido o resultado do trabalho, a coleta do feedback pode se dar após a aplicação ou durante ela.

Reciclagem – É sugerida uma reciclagem que pode variar de mensal à anual, conforme o caso.

Como saber se minha empresa precisa de um treinamento empresarial?

O ideal é ter a opinião de um profissional. A boa notícia é que as etapas de briefing e planejamento são feitas sem custo para sua empresa, nossa equipe assume todas as despesas para poder facilitar a identificação da situação da sua empresa.

Entre em contato agora mesmo através do e-mail falecomigo@rafacoaching.com.br

Compartilhe este conteúdo: